Categoria: How I Met Your Mother

HOJE ESTREIA A NOSSA NOVA SERIE, O “DIÁRIO DE UM HÉRCULES” A HISTÓRIA É CONTATA POR UM JOVEM DE 15 ANOS QUE SE CHAMA “HÉRCULES” ELE FICA APAIXONADO POR UMA GATINHA DA ESCOLA, E ELA PEDE QUE ELE FAÇA 12 TRABALHOS PARA CONSEGUIR CONQUISTAR O CORAÇÃO DELA, BORA CONFERIR O PRIMEIRO CAPÍTULO DESSA DIVERTIDA HISTÓRIA, SE GOSTAR DEIXE SEUS COMENTÁRIOS HEIN?

PS: O texto é narrado por ele, então se tiver alguma palavra errada ou alguma coisa assim é de PROPOSITO! =)

 

—————————————————————————————————————————————–

 

Eu fiquei sentando em frente ao computador por mais de uma hora pensando no que eu deveria escrever, fiz vários pedaços de texto só que nenhum ficou legal, então eu vou simplesmente contar tudo o que aconteceu e o motivo de eu escrever isso tá legal? E pra quem eu estou perguntando? Bom, eu não sei se você vai mostrar isso pra alguém, e se mostrar espero que mostre para um amigo gordinho, ou uma amiga gordinha, e todos nós temos amigos assim não é? Na verdade eu não tenho nenhum amigo gordinho já que o gordinho do grupo sou eu, quanto gordinho eu tô escrevendo nê? E por falar em gordinho acabei de lembrar que tem um pedaço de pizza na geladeira! Espera ai que eu já volto….

Voltei! Eu sei que não deveria ter dado esse espaço no texto mais como eu disse vou escrever conforme eu vou falando! E eu estava contando que eu sou o gordinho do meu grupo de amigos, eu sou aquele que tem o amigo bonito que sempre anda comigo para que as garotas prestem mais atenção nele e vejam o tanto que ele é bonito,, eu tenho 3 amigos assim, o Edi, o Rafa e o André. Eles começaram a conversar comigo para pedir ajuda na escola, só porque uma vez eu acertei todas as questões de uma prova de Geografia! E eles nem imaginam que eu chutei a prova inteira!!! Desde o dia em que a professora entregou a prova eles e quase todo mundo me pediam ajuda, eu já fiz algumas provas para alguns e passei cola para outros, e eu acabei de confessar isso aqui nê? Olha só se você é aquela pessoa que adora ser o braço direito do professor e estuda na mesma escola que eu e se chama Paola eu te peço que NÃO MOSTRE ISSO PRA ELE!

Até parece que pedir vai adiantar alguma coisa nê Paola? Olha só se você não contar nada eu juro que te ajudo naquele trabalho de matemática, afinal de contas todo mundo sabe que você não sabe nada da matéria! Já falei como eu vou escrever isso então agora eu vou começar a explicar o motivo de escrever isso. Olá meu nome é Hércules e tenho 15 anos de idade, e não sou nem um pouco parecido com o herói grego e muito menos com aquele ator da série de TV . Eu estou no 1º ano do ensino médio e estudo na Escola Estadual Coração Eucarístico, sou da turma 123 e alguns dizem que é a pior turma da escola, e as vezes eu até acredito.

Só que o que eu vou contar aqui não aconteceu na escola em que eu estudo e sim na escola em que eu trabalho como voluntário no laboratório de informática, os meus três amigos também trabalham comigo lá, apesar de não saberem nada sobre computadores, eles só vieram para ficar olhando as meninas da escola, eu achava isso ridículo até o dia em que eu te vi pela primeira vez…ou caso alguma outra pessoa esteja lendo eu quero dizer que tudo mudou quando eu vi ELA pela primeira vez, ou eu deveria escrever “quando eu á vi pela primeira vez?” eu sou bom em matemática não em português!

O meu trabalho era ajudar as professoras a passar joguinhos e outras coisas para as turmas de crianças pequenas na escola, e sempre tinha a turma da 6ª, 7ª e 8ª série também e esse era o momento em que o Edi, o Rafa e o André mais gostavam, e por causa deles a diretora da escola sempre chama a minha atenção, e se vocês três estão lendo isso eu quero que saibam que já levei muito xingo por causa de vocês!

Sempre na hora do recreio os três saiam da sala para dar uma volta pela escola, e como não dava pra deixar a sala sozinha eu pegava uma cadeira e sentava do lado da porta, eu ainda não conhecia os novos alunos já que estava no começo do ano, e algumas meninas passavam pela porta da sala e me perguntavam se podiam entrar para usar o computador, e infelizmente a diretora já tinha me proibido de deixar graças ao meu querido amigo André que tinha ficado com uma menina bem ao lado da porta da direção! PARABÉNS SEU BURRO!

Eu estava olhando para a escada que levava para o segundo andar da escola e foi então que eu á vi pela primeira vez, ela estava descendo as escadas em câmera lenta, os pássaros voavam, anjos brincavam sobre as nuvens, um delicioso cheiro de rosas surgia ao meu lado, me levantei e comecei a caminhar em direção a ela, cheguei bem perto e dei um belo sorriso e fiz um aceno com a cabeça do jeito que o André tinha me ensinado, eu não sei de onde vinha a coragem de ir conversar com ela já que eu sempre fui muito timido, não tive tempo para pensar, eu já estava ao lado dela e quando eu fui abrir a boca para falar ela me olhou nos olhos e disse:

Sem chance!

Nesse momento os pássaros que estavam voando fizeram coco na minha cabeça, os anjos começaram a rir da minha cara, o cheiro de rosa se transformou no cheiro de titica de passarinho, fui para o banheiro como se nada tivesse acontecido, e assim que eu entrei deu uma baita vontade de chorar e o pior foi quando voltei para a sala de informática e os meus amados amigos estavam rindo de mim! E pra ser sincero a escola toda estava fazendo a mesma coisa, todo mundo estava rindo do pobre e gordo Hércules o rapaz que chegou junto de uma das garotas mais lindas da escola.

Cara, o que deu em você para ir conversar com ela? – perguntou o André.

– Não sei, eu estava aqui na sala e depois já estava indo falar com ela – eu estava olhando para o chão e sentia que estava vermelho de tanta vergonha.

– Cara ela é a garota mais difícil da escola! – disse o André colocando a mão no meu ombro.

– Como você sabe? – perguntou o Edi que também estava colocando a mão no meu ombro.

– Porque eu já tentei pegar ela – respondeu ele – só que hoje nós somos amigos, se você tivesse me falado que estava afim dela eu te ajudava.

– Mais pode me ajudar agora não pode?

– Olha aqui – disse ele pegando a folha que mostrava as turmas que viriam na salade informática – a turma dela vai vir amanhã no último horário, então na hora do recreio eu converso com ela pra ver se ela anima a trocar uma ideia com você na saída, que tal?

– Amanhã? s…s…será que eu…eu…eu…não…é…t…tá…tá bom – SIM EU SOU TIMIDO!!!

(mais…)