Tag: ‘review’

Chegamos ao último episódio da quarta temporada de Game of Thrones. A série que bate seus próprios recordes de audiência, mortes por capítulo e telespectadores desesperados em frente à tela, nos deu uma temporada cheia de reviravoltas e mortes significativas. Para a season finale nos prometeram a melhor que já fizeram. As muitas histórias, círculos, personagens e tramas nos Sete Reinos e nas terras pra lá do Mar Estreito deixaram muitas pontas a serem amarradas no episódio e garantiu ótimas cenas, mais pontas para a próxima temporada e algumas decepções para quem leu os livros.

xlarge539b4b7d3074d@2x (mais…)

Mais um episódio impecável. Cenário, figurino, sotaque britânico… ah, que série linda! Gostei muito que deram mais atenção às relações de um personagem com o outro.  Acredito que para a série ficar bem construída, esse tipo de coisa não pode ser deixada de lado.

Continuando a sua pesquisa, Victor descobriu que as criaturas que todos estão buscando têm o instinto de se alimentar por sangue, o que não é novidade pra ninguém. Vanessa continua atraída por Dorian, que parece que vai pegar todo mundo até o fim da temporada (já comento isso!). Foi fofo o Mr. Malcolm dizendo ao Victor que ele é importante pra ele. Confesso que tenho uma queda pelo Victor. E como não ter?

Ethan ainda tem dúvidas se o que estão fazendo está correto, ao passo que Victor tem de enfrentar novamente sua antiga criação. Pra mim, Ethan é o único personagem que ainda possui um mínimo de humanidade, enquanto todos estão frios diante de toda a situação.

Solto depois de roer os próprios punhos, o vampiro do sótão, junto de seu mestre (ai que medo!) atacou Mr. Malcolm e Victor a procura de Vanessa. Uma cena que provavelmente me fará ir dormir com a minha mãe essa noite.

Depois de uma ida ao teatro, Ethan conhece Dorian, abandona Brona, tossindo as tripas e vai com ele a uma espécie de clube secreto cheio de homens ricos apostando dinheiro num cachorro. E qual era o fruto da aposta? Quantos ratos o cachorro conseguiria comer, ou estraçalhar, melhor dizendo. Ah, os ricos excêntricos! Depois de uma briga no lugar, eles seguem pra casa de Dorian. Depois de alguns goles de absinto e de pensar um pouco na vida, não é que Ethan resolveu dar uns amassos no Dorian?! Minha mente ainda está girando depois dessa cena! É esperar para ver até onde vai esse novo casal. Quem shippa? hahaha.

ESSE POST CONTÉM SPOILERS DOS 3 PRIMEIROS EPISÓDIOS DE “PENNY DREADFUL”.

Quando saiu os primeiros trailers de Penny Dreadful eu pensei: nem morta que eu vou assistir isso. Imagina eu, medrosa que sou, assistindo uma série de terror que usa da época vitoriana para ilustrar personagens como Frankenstein e suas criações, Drácula, Dorian Gray entre outras criaturas do submundo demoníaco. Acredito que o que me fez amar a série desde o início foi a trama incrível. Estive pensando e acho que não há nenhuma série no ar que seja no mínimo parecida com esta. (mais…)

Simplesmente sensacional, chocante e surpreendente. Se alguém lembrar de mais um adjetivo me avise, por favor.
Se eu acredito em milagres, Carver? Só de ver MUITA gente desacreditada com a série elogiando essa season finale já é um motivo que me faz acreditar. Antes de falar do episódio em si queria citar isso. Muita gente do time do “deveria ter acabado na 5ª temporada” ou do “tô assistindo só por obrigação pra ir até o fim da série”(um alô aqui pra minha irmã hahah) se rendeu, se surpreendeu e bateu palmas de pé para o final dessa temporada. Li várias análises, conversei com muitos amigos que assistem à série e vi vários posts de amigos no Facebook exaltando a ousadia que o time do titio Carver teve. Vi o episódio na quarta, por volta das 13h, estou escrevendo essa análise na sexta, por volta das 19h e ainda não consegui processar direito. Vou tentar aqui colocar as ideias em ordem, mas duvido que consiga.

(mais…)